Cabeçalho + Menu


quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Fiocruz abre inscrições gratuitas para Workshop sobre Contribuições da Bioinformática para Leishmaniose.

Sabe-se que a leishmaniose atinge cerca de 12 milhões de pessoas em 98 países e há 350 milhões sob o risco de infecção, em especial em regiões pobres. Os casos são associados a má nutrição, moradia precária e deficiência imunológica.


Há mais de 10 anos a bioinformática é utilizada para processar e analisar grandes volumes de dados em saúde, possibilitando a integração de resultados de diferentes pesquisas pelo mundo. Desde a publicação do genoma da Leishmania major em 2005, foi iniciada a era pós-genômica no estudo desses parasitas. Impulsionados pelos avanços tecnológicos nos métodos de Biologia Molecular e Bioinformática, projetos genomas estruturais e funcionais estão em desenvolvimento, e com potencial para derivarem outras pesquisas científicas a partir de seus resultados.

Desta forma, a Fiocruz Brasília, por meio do Colaboratório Ciência, Tecnologia e Sociedade promove, no dia 30 de novembro, o Workshop Contribuições da Bioinformática para Leishmaniose. A programação conta com apresentações de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto Butantan, além de pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz e de unidades da Fiocruz em Rondônia, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Brasília. A atividade é gratuita e aberta ao público e será realizada a partir das 8h30, no auditório interno da instituição.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet até o dia 29 de novembro através do link.


Para mais informações acesse a página da Fiocruz.

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Inscrições abertas para o Simpósio de Biotecnologia Marinha



O SBM será realizado nos dias 14 a 16 de março de 2018, no Hotel “A Ressurgência” em Arraial do Cabo –RJ e tem como intuito difundir o conhecimento da área de Biotecnologia Marinha e gerar um intercâmbio científico e tecnológico, por meio da divulgação de pesquisas, debates e a realização de minicursos. 

As inscrições ocorrerão até dia 05 de março de 2018. 

        Os minicursos tratarão de assuntos como: Maricultura, Ecotoxicologia, Biorremediação e Foto Sub-científica, e cada minicurso terá o investimento de R$25,00. 

Mais informações, como taxas de inscrição e sobre os minicursos, acessem a página do SBM.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Estudo de Campo I 2017: Ubatuba

Responsável pela foto: Bruno Cardana

No mês de Outubro os alunos do 3º ano do curso de Ciências Biológicas da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp Assis participaram da excursão para a cidade de Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo, desenvolvendo atividades referentes à disciplina Estudo de Campo I. Ao longo da excursão, os alunos foram acompanhados e orientados pelos docentes Sérgio Nascimento Stampar, Carlos Camargo Alberts e Ciro César Zanini. A docente Renata Giassi Udulutsch não compareceu mas auxiliou nos preparativos para a viagem.

Bruno Cidrão: “A ida de um biólogo em formação para campo permite que esse aplique seus conhecimentos adquiridos nas disciplinas estudadas em atividades práticas, sendo assim, de grande importância. Este ano eu e a Letícia, membros do Laboratório de Sistemática Vegetal (SISVEG), acompanhamos, como monitores, a turma do terceiro ano de Ciências Biológicas em seu Estudo de Campo - Litoral, realizado em Ubatuba. As atividades propostas incluíam trilhas em dois ambientes distintos (floresta ombrófila e restinga), visitas no Aquário de Ubatuba, Projeto TAMAR e Museu de história natural de Taubaté, além de atividades práticas nos costões rochosos e coleta em barco de arrasto. Juntos dos professores Carlos, Ciro e Sérgio, mais a Raquel e Allan, também membros do SISVEG, caracterizamos a fauna e flora local e, ainda, preparamos e aplicamos atividades de coleta de material (botânico e animal) e análise em laboratório, para que os alunos pudessem ter uma noção de como são feitos os estudos realizados por biólogos que trabalham na área de meio ambiente. Como monitor, foi possível notar o interesse que os alunos demonstram nessas atividades, não só por se tratar de um ambiente agradável (praia), mas também pelo prazer que uma viagem para fora da rotina de universidade garante. Como ex-aluno, pude passar a minha experiência de quando realizei o mesmo estudo de campo, em 2015, o que acaba sendo gratificante. No final das contas, são atividades como essas que nos incentivam a valorizar a função de um biólogo, e nos inspiram a sermos cada vez melhores como profissionais”.

Bruno Cardana: "Acredito que um estudo de campo como o realizado esse ano em Ubatuba, mais precisamente na Reserva de Picinguaba (onde ficamos alojados), é essencial para a formação de um biólogo, pois ver a teoria em aulas é ótimo, mas aplicá-las ainda que não como um profissional, é excelente. Particularmente vejo que ir para um ambiente (litorâneo) completamente diferente do aqui (Cerrado), agrega muito e além do mais, rompe fronteiras. Os professores que nos acompanharam tinham propriedade para falar sobre o assunto, pois eram suas áreas ali (vertebrados, invertebrados, algas, botânica)".

Luana Ariel Cardoso de Carvalho: “Realizada em Novembro, nos dias 02/10 ao 06/10 pelo curso de Ciências Biológicas na FCL/Assis, a viagem de campo para o litoral do Estado de São Paulo - Ubatuba, se tornou parte importante para a consolidação do conhecimento teórico até então construído nas salas de aula.
As atividades ministradas pelos docentes foram compostas por aulas expositivas, práticas laboratoriais, trilhas e nos próprios ambientes para exemplificação de ecossistemas, como a visita ao costão rochoso, mangue, a prática da pesca de arrasto, visitação ao projeto TAMAR e o aquário de Ubatuba.
O tempo compartilhado com os docentes e companheiros de turma, aliado ao conhecimento adquirido, foram importantes não só pelo fortalecimento do conteúdo teórico que possuíamos resultante do período do curso, mas vital para a consolidação da identidade de futuros profissionais da área de biologia através de um olhar mais sensível e característico de quem estuda todas as formas de vida.
Me sinto feliz e contemplada pela troca de conhecimento que fomentamos juntos e estou ansiosa para a próxima viagem de campo que o curso oferece em Tibagi, Paraná”.






Responsável pelas demais fotos: Bruno Cidrão



quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Unesp oferecerá cursos online gratuitos em 2018



A Unesp Aberta é um ambiente de aprendizagem on-line e gratuito que oferece a oportunidade de formação e aperfeiçoamento em diversas áreas do conhecimento para pessoas com acesso a Internet no Brasil e no mundo.
É uma iniciativa da Reitoria da Unesp (no âmbito das Pró-Reitorias de Graduação, Pós-Graduação e Extensão), juntamente com o Núcleo de Educação a Distância (NEaD/Unesp), que passa a disponibilizar gratuitamente os recursos pedagógicos digitais desenvolvidos para os cursos da Universidade. São cursos livres, sem assessoria pedagógica (tutoria), avaliação e certificação.
São oferecidos cursos em diversas áreas do conhecimento, como Humanas, Exatas e Biológicas. E, as inscrições podem ser realizadas a qualquer momento sem restrição a quantidade. 
Mais informações, aqui.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

PROPEtips: tenha dicas de como divulgar sua pesquisa científica


A Pró-Reitoria de Pesquisa da UNESP lançou uma série de dicas relacionadas à produção científica que podem ser grande valia para docentes, discentes e pesquisadores.

As PROPEtips serão adicionadas frequentemente à página, sempre tendo como objetivo uma leitura rápida e pontual.

Na inauguração da página, foram adicionadas informações que poderão ajudar nos seguintes aspectos:

1)    Aprenda a registrar a instituição em suas publicações (nacionais e internacionais)
2)    Receba dicas de como padronizar seu nome como autor nas diferentes publicações
3)    Veja instruções de como proceder com relação as autocitações em artigos científicos
4)    Elabore de forma mais eficientes suas palavras-chave
5)    O que é ORCID? Um novo código alfanumérico que identifica de forma única cada pesquisador no mundo!!
6)    As vantagens e estratégias na colaboração internacional


Novos assuntos poderão ser sugeridos pelo público, basta enviar uma mensagem ao email guima@reitoria.unesp.br.


Boa leitura! Uma ótima divulgação científica para todos!!


quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Idiomas sem Fronteiras abre inscrição para curso on-line de língua inglesa

Estão abertas as inscrições para processo seletivo do Idiomas sem Fronteiras, visando à ocupação de vagas do curso on-line de língua inglesa My English Online (MEO), ofertado no âmbito do Programa Idiomas sem Fronteiras – Inglês (IsF-Inglês).



“O MEO é um curso de língua inglesa on-line e autoinstrucional que oferece um pacote de atividades interativas voltadas ao desenvolvimento das habilidades de leitura, compreensão oral e gramática neste idioma, sendo o acesso à plataforma de ensino-aprendizagem do curso disponibilizado no âmbito do Programa IsF da Secretaria de Educação Superior (SESu) do Ministério da Educação (MEC) aos alunos de graduação e pós-graduação das instituições de ensino superior credenciadas ao Programa IsF via editais específicos, e de instituições parceiras do Programa IsF; e servidores das instituições de ensino superior credenciadas ao Programa IsF via editais específicos, e de instituições parceiras do Programa IsF.”

As inscrições são gratuitas e efetuadas exclusivamente por meio do Portal do Aluno do Programa IsF, através do endereçoeletrônico.


Para mais informações acesse o portal da UNESP 

Não perca a oportunidade de aprender inglês gratuitamente!!