Cabeçalho + Menu


quinta-feira, 27 de junho de 2019

Férias!


Informamos que a equipe do BLOG entra de férias a partir de amanhã, voltaremos no segundo semestre com mais notícias, informações e oportunidades pra vocês!

Nossa equipe deseja boas férias à todos!

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Entrevista com Tangyi Sango!

A FCLA recentemente recebeu um intercambista da Universidade de Gana, o Tangyi Lupe Stanislas Sango! O BLOG conversou com com Tangyi, ele tem 25 anos e é da República dos Camarões.
E ele se forma agora em Agosto em Engenharia Mecânica.

É o filho mais velho, e tem dois irmãos (uma garota e um garoto), sua irmã também faz faculdade, e o irmão mais novo ainda está no colégio. 
Tangyi tem habilidade de liderança, e assumir cargos desse nível não o assusta, ele disse que consegue praticar qualquer esporte que não seja handball!

No seu país ele participou de um projeto complexo para desenvolver um novo design para canos usados em portos, e aparentemente deu muito certo. 

 Ele veio para o Brasil por meio de um intercâmbio entre Universidades e escolheu a UNESP dentre várias outras opções, e vai ficar até o meio de Julho. Ele está no Laboratório de Matemática aplicada e tem objetivo de aprender mais sobre inteligência artificial e programação para usar essas habilidades dentro do seu ramo.


 Tangyi tem várias ideias de como vai poder melhorar a indústria e o processo de produção e design de materiais e peças, inclusive durante a nossa conversa ele até teve uma ideia nova!

Eu perguntei pra ele o que ele gostaria de fazer fora da UNESP, e ele disse tem vontade de conhecer uma indústria de metais e conhecer um pouco mais da agricultura além de outras coisas que ele não lembrou.


Ele ainda está se adaptando ao clima de Assis, disse que não está acostumado com o frio e está sofrendo um pouco, mas afinal, estamos todos não é?!

O BLOG deseja tudo de melhor ao Tangyi e que ele aproveite a estadia aqui! 

terça-feira, 25 de junho de 2019

Sergio Stampar no Australian Museum

Imagem retirada do Australian Museum.
O Museu Australiano, publicou uma reportagem sobre o Prof.º Sergio Stampar e sua pesquisa avaliando a coleção de Cnidárias do museu.

"Uma das perguntas mais freqüentes sobre pesquisas científicas sobre invertebrados marinhos é a utilidade dos dados gerados. Geralmente, isso ocorre porque as pessoas ignoram que estamos em um ecossistema interdependente e cada organismo age como uma peça de um enorme quebra-cabeça. Uma das principais peças desse enorme quebra-cabeça é o grupo (filo) Cnidaria, que inclui águas-vivas, anêmonas e corais. Estes animais atuam em diferentes níveis de cadeias tróficas (alimentares) e são fundamentais para toda a manutenção da vida dos oceanos, o que possibilita e sustenta a vida no planeta Terra." disse o Prof.º Sergio para a matéria.

Para ler a notícia na íntegra, clique aqui.


quarta-feira, 19 de junho de 2019

Oportunidades para Julho e Agosto

IV Escola de Química Ambiental



Ocorrendo no período de 22 a 26 de Julho na Universidade de Campinas UNICAMP, com diversas palestras e voltada ao públicd ao ensino médio, técnico, graduação, pós-graduação e interessados.

Para saber mais e se inscrever acesse o link.

Projeto Coral Vivo

Estudantes de graduação, mestrado e doutorado podem se inscrever no Programa de Extensão Universitária do Coral Vivo (Proex). Para o período entre 5 e 27 de agosto, as inscrições ocorrem até o dia 1º de julho. Serão 22 dias na base no Arraial d'Ajuda Eco Parque, na Costa do Descobrimento (BA).

Para inscrição e maiores informações acesse o link.

Pós-Graduação em Bioinformática UTFPR-CP



seleção de alunos para Curso de Mestrado do PPGBIOINFO. As inscrições estão abertas até o dia 07/08/2019 na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Bioinformática (UTFPR-CP).
As pesquisas são desenvolvidas em duas linhas do programa: Biologia Computacional e Sistêmica; e Genética e Genômica.

Para maiores informações quanto ao processo seletivo, acesse o edital neste link

terça-feira, 18 de junho de 2019

Idioma sem Fronteiras

Imagem retirada do site IsF
O Núcleo de Línguas da Unesp junto com o Idioma sem Fronteiras está oferta de vagas para cursos de inglês no nosso Câmpus! 
O Programa Idioma sem Fronteiras tem como objetivo promover o estudo de línguas estrangeiras para a internacionalização as universidades brasileiras. Estudantes, docentes e servidores técnicos podem participar do IsF, que oferece cursos presenciais, a distância e testes de proficiência.

Os cursos oferecidos no nosso Câmpus são:
-Variedades de língua inglês - B1 - Sábado das 14:00 às 18:00

-TOEFL ITP: Estratégias - B2 - Segunda, Terça, Quarta e Quinta das 14:00 às 16:00 (divulgado no sistema como 14:00 ás 18:00).

-Produção Oral: interações acadêmicas - A2 -Segunda e Quarta  das 19:00 às 21:00.

-Comunicação Intercultural - B1 - Terça e Quinta das 19:00 às 21:00.

Corra, que o prazo é até dia 18 de Junho.
Para realizar sua inscrição, clique aqui.
Caso tenha alguma dificuldade, assista o tutorial clicando aqui.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

3º Congresso Internacional Huntington de Reprodução Humana


O Congresso Huntington de Reprodução Humana tem o intuito de compartilhar os resultados de pesquisa na investigação, diagnóstico e tratamento de infertilidade feminina e masculina reunindo pesquisadores para discussão das possibilidades da área e a troca de experiências.

Nesse ano foram abordados novas técnicas em reprodução humana, práticas de laboratório e genética. O congresso teve participação de especialistas nacionais e internacionais, inclusive o laboratório de matemática aplicada da FCLA! Participaram do congresso as alunas Doris Spinosa e Eloisa Dal Molin, e os professores orientadores Marcelo Nogueira e José Celso.

O laboratório de matemática aplicada inicialmente tinha a ideia era classificar as imagens de blastocistos humanos de acordo com uma classificação já existem em clinicas por meio de inteligência artificial para ajudar na escolha do embrião de melhor qualidade em clínicas de reprodução.

Então inicialmente era mais usada a parte morfológica, as características morfológicas do blastocisto e depois perceberam que outras coisas também eram importantes como a morfocinética do desenvolvimento embrionário e depois incluíram as variáveis da paciente. 

Aí o foco mudou da classificação do embrião pra usar todas as variáveis que influenciam na possível gravidez, para saber se o embrião resultaria em nascimento vivo ou não. 

E para contar um pouco melhor como foi esse congresso o BLOG convidou a Doris para falar um pouquinho de como foi para ela.

“A maior dificuldade é que o evento foi todo em inglês, mas foi bem legal porque tinham vários especialistas da Europa e inclusive da Índia. Foram relatados vários estudos de caso pelos pesquisadores e os médicos contavam sobre os pacientes que procuram pelo serviço deles.
E um pesquisador da Espanha em particular levantou uma nova variável relacionada a microbiota e o nível dessa microbiota do intestino e do trato reprodutor, o que foi surpreendente.
Outra coisa que a gente já sabia mas não era muito focada eram as variáveis do parceiro, e três ou quatro pesquisadores levantaram essa questão como decisiva para a reprodução.

Uma coisa interessante é que  parte do congresso foi destinada ao time lapse (uma incubadora que permite adicionalmente usufruir do sistema time-lapse, em que a conjugação da incubadora, de um microscópio e de uma máquina fotográfica incorporada permite a obtenção de múltiplas imagens de todos os embriões presentes na incubadora, sem necessidade de retirar as placas de cultura. A partir destas imagens, o sistema cria um vídeo contínuo do desenvolvimento dos embriões, desde a fecundação até à transferência para o útero), que é a mesma que usamos no laboratório, e tivemos uma tarde só para falar sobre ela, que é um equipamento novo no Brasil apesar de na Europa já ser muito comum. É preciso ser feita uma adaptação bem grande com toda a equipe para aprender a usar o equipamento então foi muito bom ter uma tarde para falar sobre isso.“

Se quiser dar uma olhadinha no site oficial do congresso clique aqui.








quarta-feira, 12 de junho de 2019

Cursos de Inverno

III Curso de Inverno em Farmacologia e Biotecnologia da UNESP-Botucatu




Organizado por docentes e discentes do PPG – FarmaTec (UNESP – Botucatu). Tendo como público alvo alunos de graduação de diversos cursos. O período de inscrições é de 01/06 à 01/07 no investimento de 60,00 reais.

Para inscrição e maiores informações acesse o link.

I Workshop de Genética e Biologia Molecular 


Surgiu como uma reformulação do Genética nas Férias evento ofertado durante 11 edições na Universidade Estadual de Londrina, com intuito de divulgar aos alunos de graduação e a comunidade científica o Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular (PGBM) e as linhas de pesquisas a ele vinculadas.
O WGBM é organizado por discentes com apoio da coordenação do PGBM e tem como objetivo fornecer um complemento extracurricular do conhecimento científico na temática Genética e Biologia Molecular através de palestras e minicursos, bem como possibilitar a integração entre alunos de graduação, pós-graduação e docentes pesquisadores. O evento ocorre na UEL em Londrina PR de 31/07 a 02/08.

Para inscrições e maiores informações acesse o link.

terça-feira, 11 de junho de 2019

Visitas Técnicas com a turma de Engenharia



 Imagem retirada de: https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6537399651895689216
Na quarta-feira dia 22/05 os alunos do 5º ano do curso de Engenharia Biotecnológica, acompanhados do professor Pedro de Olive Neto, fizeram uma visita à Usina Cocal unidade de Paraguaçu Paulista para complementar a matéria de Enzimologia e Tecnologia da Fermentação. A visita foi acompanhada pelo supervisor da produção de etanol, Paulo Torres e o técnico em segurança do trabalho, Nilson Santos de Jesus, onde foram apresentados os processos da produção de Etanol desde o Laboratório de Pagamento de Cana por Teor de Sacarose até a fermentação.
Em depoimento sobre a visita, o aluno Caio Henrique Nespolo, 23 anos, disse "A visita foi de muito proveito, pois na sala de aula vemos todo o processo na teoria e não temos dimensão de como acontece em uma indústria. Tivemos contato com funcionários e processos, o quer ajudou a entender melhor sua execução. Ao final, fomos convidados a almoçar no refeitório da usina e ainda recebemos amostra do mel e fermento para complementar os estudos práticos.".


Imagem retirada do site da empresa
Já os alunos do 4º ano, com a professora Valéria Marta Gomes, realizaram uma visita à fábrica Casa di Conti. Esta, aconteceu no dia 30/05 na cidade de Cândido Mota e foi complemento para a matéria de Biotecnologia de Alimentos. Os processos da produção de cerveja, desde o recebimento dos grãos, até o processo automatizado de empacotamento e distribuição, foram explicados pelo mestre cervejeiro e ao final da visita, os alunos puderam degustar os vários tipos de cerveja, chopp e refrigerantes lá produzidos. 
O aluno João Vitor Braga Cremonezi, 23 anos, disse sobre a experiência: "A visita foi muito boa. O pessoal de lá é bem hospitaleiro e receptivo. Os processos foram muito bem explicados durante a visita. Sem falar da degustação que embora eu não tenha aproveitado a parte cervejeira, o pessoal claramente aproveitou bem. Além do cuidado de preparem um mimo pra gente no final, pois não é todo lugar que tem esse tipo de carinho.".

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Congresso paranaense e X-meeting 2019 !

9 º Congresso Paranaense de Ciências Biológicas

O congresso inclui a participação de discentes de graduação e pós-graduação, docentes-pesquisadores e profissionais das áreas da saúde e ciências biológicas. Como todo congresso o CPCB tem objetivo de disseminar o conhecimento por meio de palestras e mini cursos ministrados por professores e profissionais convidados além de apresentações orais e de painéis.

A inscrição é feita por blocos, então o congressista pode escolher não se inscrever nos mini cursos, ou nas palestras permitindo a montagem do seu próprio cronograma, e as inscrições vão até o dia 31/07, mas depois do dia 30/06 o preço aumenta! Fique atento as datas! 

O site do congresso fornece informações de hospedagem, alimentação, transporte, programação do evento, guia do congressista, entre outras coisas. 

Para mais informações clique aqui.



X-Meeting 2019

O X-Meeting 2019 é a 15º Conferência Internacional organizada pela Associação Brasileira de Bioinformática e Biologia Computacional (AB3C). Acontecerá em Campos do Jordão, do dia 30 de outubro até 01 de novembro e o primeiro lote de inscrição vai até dia 10/06!!

O evento está aberto também para a submissão de trabalhos nas áreas de Genômica, Proteômica, Filogenia e Evolução,  Biologia computacional, Transcriptoma e Desenvolvimento de banco de dados.

Para maiores informações acesse.





quarta-feira, 5 de junho de 2019

CEBIMar ABERTO


O Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (Cebimar/USP) em São Sebastião, litoral norte, está com programação aberta. O local oferece visitas monitoradas para interessados em aprender sobre a vida marinha, com programação especial incluindo atividades diversas no dia mundial dos oceanos. O Cebimar fica na rodovia Manoel Hypólito do Rego, Km 131,5, na Praia do Cabelo Gordo.

Conheça o site de notícias do CEBIMar acessando o link.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Curso de extensão e evento no Butantan

O Instituto Butantan está oferecendo oportunidades para a participação do curso de divulgação "Farmacovigilância de vacinas e soros" e da "II Feira da Imunidade e da Vacina", ambos para o mês de junho.







O curso de "Farmacovigilância de vacinas e soros" será no dia 11 de junho e possui vagas limitadas. O programa do curso conta com farmacovigilância, eventos adversos, reação adversa a medicamento e atividades desenvolvidas na área técnica de farmacovigilância do Instituto Butantan.



Você pode acessar mais informações aqui e fazer a inscrição clicando aqui.











Já a "II Feira da Imunidade e da Vacina" será sediada no Auditório do Museu Biológico do Instituto Butantan, no dia 09 de junho. A programação do evento irá de rodas de conversas até jogos que mostram a importância da vacina e palestras. Não é necessários a realização de inscrições. 
Para saber mais sobre a programação, clique aqui.

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Palestra da Raízen!


Imagem cedida pela Biotec Junior

A Biotec Júnior, empresa junior do curso de Engenharia Biotecnológica de Assis, em parceria com a Raízen, empresa brasileira do setor energético, oferecerá no dia 30 de maio de 2019 a palestra: “Produção de açúcar e etanol com ênfase em processos fermentativos”. 

O Engenheiro Químico e atual Supervisor de Produção da Raízen, Celso Figueira Júnior apresentará a palestra, que ocorrerá às 18h no Anfiteatro Atos que fica localizado no prédio de Letras, da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp de Assis-SP.

A entrada será gratuita e não é necessário fazer inscrição.

A Raízen foi criada a partir da junção de parte dos negócios da Shell e da Cosan, e é hoje uma das maiores empresas em faturamento no Brasil.
A empresa é a principal fabricante de etanol de cana-de-açúcar do país e a maior exportadora individual de açúcar de cana no mercado internacional. Atualmente, atua na produção de açúcar e etanol, na distribuição de combustíveis e geração de energia elétrica a partir da biomassa da cana. 

Para maiores informações clique aqui.

terça-feira, 28 de maio de 2019

Primeira edição do "Bio na rua"


Estudantes da FCL – Faculdade Júlio de Mesquita Filho (Assis) participaram, nesta quinta-feira (16/05), do ‘Bio na Rua’, evento realizado pelo Centro Acadêmico de Ciências Biológicas que visa aproximar população e universidade. Além da presença de diversos estudantes do curso de Ciências Biológicas, esta edição do ‘Bio na Rua’ contou com a participação do Laboratório de Sistemática Vegetal e do Laboratório de Biologia Aquática (Labia). Foram distribuídas mudas de diferentes tipos de plantas e realizado um trabalho de conscientização sobre a importância dos animais, em especial os insetos, e da pesquisa científica no contexto brasileiro. Confira abaixo fotos e comentários sobre como foi a realização do evento.

Comentário cedido por Alicia Fiore, participante do evento e aluna do 1° ano de Ciências Biológicas:

Alicia Fiore
“Iniciativas como o “Bio na Rua” são essenciais para mostrar a população o que acontece nos laboratórios da biologia. Achei uma experiência incrível, foi uma troca de conhecimento com pessoas de diferentes idades, que acrescenta muito conteúdo para ambos os lados”








Comentário cedido por Irene Vieira, aluna do 2° ano de Ciências Biológicas e integrante do Laboratório de Sistemática Vegetal:

Irene Vieira
“Achei incrível a ideia do projeto Bio na rua e achei mais incrível ainda a execução. Poder conversar com as pessoas sobre o que é feito na Unesp e mostrar um pouco do nosso dia a dia é extremamente gratificante, e ver como as pessoas são interessadas é indescritível. Deveríamos ter mais oportunidades de apresentar nosso trabalho e mostrar que a Unesp é muito mais do que os boatos e o que o governo diz, é um ambiente complexo, cheio de vivências, conhecimento e oportunidades! Agora o que falta é conseguirmos trazer a população para conhecer aqui dentro, precisamos dessa junção acadêmica com a população, até porque, como a faculdade é pública, tudo isso pertence também e deve voltar à eles. ” 





Comentário cedido por Eduardo Félix, aluno do 3° ano de Ciências Biológicas e integrante do Laboratório de Biologia Aquática (Labia):

Eduardo Félix
“Participar dessa atividade foi muito gratificante, muito recompensador, porque ter contato com a comunidade não acadêmica, mostrando parte do que a universidade produz, tem uma recepção muito positiva, com muita animação. Dava para ver a curiosidade e a alegria no rosto das pessoas quando recebiam as mudas ou enquanto conversavam sobre os insetos que estavam expostos lá, então percebíamos que nosso objetivo estava dando certo.Queríamos realmente aproximar esses dois lados da sociedade que costumam ficar tão afastados, porque a universidade se isola e conversa muito para si, mas pouco acaba atingindo a população externa, exceto pelos projetos de extensão e os estágios, que focam num público bem restrito.A ideia da atividade lá na feira surgiu meio de repente, durante a assembleia estudantil do dia 13, por causa da movimentação em torno da greve da educação do dia 15 de maio, mas já era uma intenção por parte do LABIA (Laboratório de Biologia Aquática), do qual eu faço parte, começar um projeto de divulgação científica, então parte do material de insetos já estava preparado há uns dias. Então nos juntamos com alunos que fazem parte do Laboratório de Sistemática Vegetal, do projeto de extensão da Casa da Criança e membros do Centro Acadêmico Aiguara e conseguimos fazer um bom “Bio na Rua”, que inclusive queremos repetir e expandir, se possível.Ações como essa são importantes para que toda a sociedade tenha conhecimento do que ocorre na universidade de fato, com o ensino, pesquisa e extensão, para que todos se importem e defendam a universidade pública e gratuita, porque a universidade é patrimônio do povo e para o povo. ” 

Por fim, o comentário cedido pelo Centro Acadêmico de Ciências Biológicas (Raízes do Cerrado):

Atual logo do Centro Acadêmico
“Devido aos ataques recentes às pesquisas das universidades públicas, achamos necessário divulgar à comunidade como as pesquisas, projetos de extensão e a produção da ciência tem um impacto no seu cotidiano como na saúde, educação e tecnologia, visto que nem toda pesquisa é levado à conhecimento popular e acaba ficando concentrada dentro dos "muros " da universidade. Buscamos como objetivo, aproximar a produção científica das demandas de nossa população e de fato nos tornar uma universidade popular.
O "Bio na rua" foi uma experiência gratificante em poder dar o primeiro passo e termos tido uma boa interação com o público. Que este seja o começo dessa aproximação! ”





                       Confira abaixo fotos da realização do evento:

                     
                     
                     
      
                     



Abaixo vídeo feito pelo aluno Daniel Chaves (Canal Banzar) mostrando como foi a realização do evento:


*Texto base retirado da página do facebook do Laboratório de Biologia Aquática (Labia); fotos, vídeo e comentários cedidos por alunos participantes do evento.


quinta-feira, 23 de maio de 2019

Pós-Graduação em Biotecnologia na UFSCar


Está aberto o processo seletivo para o programa de Pós-Graduação em Biotecnologia na Universidade Federal de São Carlos. 

Como o primeiro Programa de caráter multidisciplinar na UFSCar, tem como objetivo formar pesquisadores para induzir e participar do desenvolvimento da Biotecnologia no país, paralelamente à implantação e consolidação de Pesquisa Científica e Tecnológica Interdisciplinar em Biotecnologia.

Poderão se inscrever no processo seletivos os graduados em: Biotecnologia, Física, Engenharia Física, Química, Engenharia Química, Biomedicina, Biologia, Farmácia, Medicina, Odontologia, Enfermagem, Fisioterapia, entre outros. 

As inscrições vão de 13/05/2019 à 18/06/2016 e podem ser feitas clicando aqui

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Escola de Inverno em Biociências e Biotecnologia




A Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto apresenta a Escola de Inverno em Biociências e Biotecnologia que divulga as pesquisas desenvolvidas pelo Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia que acontecerá entre os dias 01 e 06 de Julho de 2019.

Para saber um pouco mais sobre o trabalho feito e pesquisas de interesse para o curso acesse aqui.


As inscrições foram prorrogadas até o dia 26/05/2019 !!!
Para fazer sua inscrição clique aqui. 
Caso precise de mais informações entre em contato pelo e-mail: bafdifusao@gmail.com

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Viagem De Campo Para Tibagi

Confira abaixo, fotos e relatos de como ocorreu a viagem acadêmica da disciplina de Estudo de Campo Aplicado ao Ensino e à Pesquisa da turma XXVIII de Biologia da Unesp Assis, de 29 de Abril a 02 de Maio, acompanhada pelos professores Carlos Alberts, Sérgio Stampar, Renata Udulutsch e Letícia Chedid.

O aluno do quarto ano de biologia Daniel Chaves nos cedeu um comentário sobre como foi sua experiência na viagem:


Da esquerda para direita os alunos Victor Pessutte, Letícia Kaori, Daniel Chaves, Vitoria Vaz e Beatriz Oliveira. Foto por Bruna Vissoso.
"Na viagem de campo em Tibagi tivemos momentos incríveis e divertidos junto aos professores, podemos observar com nossos próprios olhos a fauna e flora local que se mostrava a cada detalhe singelo e belo. 
  Essa matéria de campo me fez perceber como a amizade pode tomar conta de toda a experiência; por mais lindo que seja o lugar ou mais deslumbrante algo que você faça, se não for compartilhado com alguém, de nada adianta. #bio+❤"




Mais um relato por Lorena Azevedo, aluna do quarto ano:
"Nessa viagem para Tibagi nós tivemos a oportunidade de ter um contato mais real de como atuaremos em nossa profissão, através de uma simulação no Parque Estadual do Guartelá. A partir dos dados coletados, a turma deverá montar um Relatório de Impacto Ambiental para determinar as possíveis consequências que teria a construção de um hotel, uma estrada e um parque aquático no parque. Dessa forma, a viagem foi de extrema importância para nossa formação profissional, visto que em pouco tempo estaremos formados e poderemos, de fato, realizar tal trabalho."


Confira abaixo algumas fotos da expedição

 
  

          *Fotos cedidas por docentes e alunos participantes da excursão.